Friday, 24 May 2013

Tidy Friday #12


Bem eu hoje acordei fantástica e assustei o pessoal no Facebook com a minha boa disposição. Ontem foi dia do autor e do abraço e embora eu tenha abraçado a minha irmã, aqui vai um grande abraço para todos vocês!

Estes gajos eram tão creepy, só mesmo os britânicos para criarem desenhos animados  de demónio que fazem criancinhas chorar.
Depois dos bichos demoníacos, temos as novidades: hurray! Esta semana comecei a dar mais atenção ao Facebook e comecei a colocar lá as novidades TODAS! Eu vi que o people não se deu lá muito bem com o facto de ter metido as novidades noutra página, por isso decidi meter TUDO nesta pasta linda e fofa chamada Novidades editoriais. Para poderem aceder, podem clicar também na imagem aqui do lado com o mesmo nome! Lá estão as novidades que vou recebendo por e-mail das editoras, entre outras coisas.

Esta semana começou mal com o raio do gmail a dar problemas e agora é o e-reader que não me abre a porra dos .epubs! Tecnologias, porque é que vocês me odeiam? As leituras inglesas andam um bocado atrasadas, portanto!

Os livros!

Esta semana li quatro livrinhos  ┏(^0^)┛:
  • Um instante de amor;
  • Terraços de Teerão;
  • How beauty saved the beast;
  • O rei Inverno.
Estou super feliz! Embora as views do blogue tenham descido bastante quase a pique. Não me abandonem, eu fico simpática... quer dizer dentro dos possíveis!  ヽ(´□`。)ノ

Outra secção que ninguém quer saber porque eu avisei que ia dar tau-tau na Leya!


Bem, esta secção é sobre parcerias! (e no momento volta tudooo à espera de sangue), mas não! Aliás é sobre as parcerias e eu (que dava um romance). Na verdade apesar de ler 4 livros por semana ou mais, a verdade é que não consigo ler mais rápido! A pilha aumenta, as editoras estrangeira também estão à espera de review inglesas e as tugas das portuguesas. E então aqui a ruiva tem de fazer o milagre da multiplicação literária.  ((´д`)) Não sei como as bloggers conseguem receber às vezes 20 livros como dizem no Facebook e ler tudo num mês!! Teach me, master! How? Eu já li este ano 60 livros e mesmo assim estou a morrer, a cair para o lado, a ver a pilha a aumentar! Por isso anuncio que vou deixar de pedir livros até a minha estante ficar vazia de livros! Sim, irei enviar às editoras as reviews dos livros quer sejam dados, quer não e depois ainda dos livros em inglês! A sério, não consigo acompanhar dois mercados e ainda ter outras coisas a fazer! How do you do it, seriously? E sim era só isto: avisar que vou ler todos os livros que tenho na estante e NO MOAR requests de livros. Querem novidades? Tudo bem, mas deixem-me respirar! Deixem-me ler e sim eu leio livros ingleses que não saíram em Portugal porque é o MEU blogue e eu leio coisas que gosto! Se os livros serão publicados mais tarde, eu poderei voltar a relembrar a review, mas não ver os livros só porque são publicados aqui.

A blogosfera:

Bem não é bem a blogosfera, mas também! Há uns certos tempos todos os blogues receberam um comunicado sobre a plataforma Escrytos. Muito bem, divulgamos, eu fui ver se era lucrativo e tal - serviços giros pagos a peso de ouro, mas feito por profissionais! Muito bem - pensei eu - os autores agora podem ter auto-publicação gira! Ai Ruiva, como te enganas às vezes... Bem a verdade é que começo a ver e-books para comprar e para além de caros como a potassa (sim porque boa sorte convencer-me a dar 8€ ou 9€ por um e-book), as capas, meus filhos, as capas! Não são em Paint! True dat, mas por favor gente um bocadinho de brilho! É que estar só à venda na LEYA não é nada. Ver e-books do Escrytos e e-books da editora é água para vinho (ou champagne, também dá)! Os das editoras lindas, tipo de letras chique, algo que atrai! Os da auto-publicação são uma miséria. Leya, filha, no que te fostes meter, mulher! Custa assim tanto investir? Ok, eu entendo, se você pediram conselhos aos editor/ revisão, devem ter arrotado uns 300€, ou então não pediram nada e simplesmente publicaram assim à maluca. Juro-vos que prefiro ir ao Smashwords onde tenho e-books a 2-3€ e o risco é menor de me sentir desiludida.  ┐( ̄ヮ ̄)┌

Agora analisando com produto à frente:
Amor Ingénuo
Catarina Ferreira
Exaltação dos sentidos
Odisseia Celestial
Inês Maia













Eu neste fiquei WTF??












Ninguém está a por em causa a qualidade no interior... mas olhemos para capas de autores tugas na mesma editora:

Livro da D. Quixote
Livro com capa super
simples
Imagem simples com
font também simples













Eu não estou a dizer que os livros não têem qualidade... mas sinceramente compravam um livro onde nem sequer conseguem ler o que está lá escrito? Também há livros no Escrytos com capas giras, mas são 2/20. Questiono-me para quê ter um serviço deste tipo quando já há o Smashwords e temos tanta gente no desemprego que foi despedida de editoras que se calhar , digo eu, assim à maluca, preferia fazer uns biscates por menos de 300-400€ pela revisão de um livro?
Temos que assediar TANTO os leitores hoje em dia, que este tipo de edição parece-me descuidada devido à discrepância que há! Vejo capas estrangeiras tão lindas de autoras auto-publicadas que pagaram direitos nada caros (os artistas portugueses profissionais pedem entre 150-200€ por uma capa e os stocks lindos ficam por 50€) e aqui vejo isto numa editora séria... às vezes fico triste pelos autores portugueses. Não sei se é desespero por publicarem ou se é por paixão à escrita que o fazem. Por vezes parece ser mesmo um misto de ambos.
E nisto acabei de fazer publicidade aos autores!  (´ω`★)
Agora um desejo sincero, espero MESMO que os autores tenham paixão por aquilo que fazem. Eu já fiz algumas capas para mim e muitas vezes não gostava do resultado. Eu nunca conseguiria publicar um livro meu com uma capa que detestasse e acho que os autores não devem sentir vergonha da auto-publicação. Por isso peguem nos vossos manuscritos, peçam a alguém que goste de Photoshop para vos fazer uma capa gira (mesmo só com trabalho de fonts é possível fazer uma capa gira) e tal como lá fora, fiquem proud de dizerem "As editoras não me quiseram, mas eu não baixei os braços e publiquei". Agora tentem é baixar os preços, porque dar quase 10€ por um e-book de alguém desconhecido é abusar um bocado.

Also para não dizerem que eu sou uma tinhosa e uma ranhosa de uma ruiva, tenho uma surpresa! (^▽^)
Quando acabar os livros estrangeiros vou começar a fazer uma maratona de livros de autores só tugas! Sejam de vanities, auto-publicados ou de editoras profissionais! Tudo 100% português e os melhores vou fazer uma review em inglês no meu blogue para promover o que é nacional lá fora (ai ninas, isto não é só a Vasconcelos!) Por isso fiquem atentos, quando virem um livro português a sair já sabem: começou o mês do autor nacional! °˖✧◝(⁰▿⁰)◜✧˖°

AH AH THEY'RE BACK! Este -gif esteve o raio da Tidy toda a olhar para mim! Vou ter pesadelos!!

Ah já me esquecia, hoje começou a Feira do Livro de Lisboa, o que faz com que eu diga:

VAI À %&#$#%, APEL!!

5 comments:

  1. tecnicamente começou ontem xD

    ReplyDelete
  2. Eu para fazer a capa para o meu ebookzinho fiz uma mão cheia de versões até gostar da final

    ReplyDelete
  3. Diz-me uma coisa: as novidades editoriais no Facebook é na esperança de te enviarem os livros?!

    ReplyDelete
  4. No more books, please! Estiu cheia de livros e so 2 é que foram oferta, o resto foi em trocas ou eu a comprar. Por isso é que quero aprender como as editoras dão tanto livro e o pessoal lê tanto

    ReplyDelete
  5. Não sei se vais conseguir não pedir mais. Essa abstenção resultou comigo prai um mes depois a sde ou a qe ou ate a planeta lançaram coisas giras e eu não aguentei. A boa noticia e que já li 80% desses livrinhos que pedi eheh

    Em relação às capas desses livros... nada contra (apesar de por amor da santa), só fiquei um pouco surpreendida (negativamente) quando a autora do amor ingénuo me envia um email de metro em que em 75% do dito dizia muito bem de uma op minha e depois: ah e tal aqui ta o link para comprares o meu ebook! Pessima abordagem!

    ReplyDelete