Wednesday, 16 January 2013

Não acredito que nunca vos mostrei isto!

É dos poucos livros que me orgulho de ter na minha estante e é o momento nerd/hipster. Ora, quando eu andava no secundário e comecei a entender que se calhar ler não era assim tão mau como parecia, achei que as cantigas de Amor eram lindas e maravilhosas (quando eu ainda lia poesia). Quando comecei a ter bolsa na faculdade, vi este livro na FNAC e não aguentei, tive de o comprar (e ainda bem porque está esgotado). Custou-me na altura 11€, mas por algum motivo coloquei-o na estante e nunca mais lhe peguei... até hoje. Isto para fazer uma viagem de nostalgia (onde tive de passar a imagem do telemóvel para o pc com uma pen de bluetooth - hipster x2).


Este será dos poucos livros que deixarei para os meus filhos, netos e bisnetos e lembrar-me-ei de anotar que, o descendente que perder/ vender o livro deverá ter uma cantiga de escárnio e mal dizer em sua honra.

No comments:

Post a Comment