Tuesday, 30 August 2011

Gostava de ter lido este tipo de livros quando tinha 16 anos

Shiver
Maggie Stiefvater
Editora: Presença
Páginas:448
Preço: 17,90€

Sinopse:
Sam e Grace são dois adolescentes que vivem um amor sublime e aparentemente impossível. Todos os anos, quando chega a Primavera, Sam, abandona a sua vida de lobisomem e recupera a forma humana, aproximando-se de Grace, mas sempre que regressa o Inverno, vê-se obrigado a voltar à floresta e a viver com a sua alcateia. Conseguirá o seu amor vencer os muitos obstáculos que ameaçam separá-los para sempre? Uma história cheia de aventuras e descobertas, mágica, original, que desafia a mente e enternece o coração.

Um livro para adolescentes que prova que o sucesso do Twilight só abriu portas a algumas autoras que merecem mesmo a pena serem publicadas. As personagens são decentes, a história embora a plot principal se baseie apenas na relação amorosa entre Grace e Sam, esta nunca se torna aborrecida. O amor, a amizade são as principais preocupações dos adolescentes e é sempre bom ter alguns livros de fantasia para acompanharem esses períodos. A maneira como Stiefvater dividiu os capítulos por perspectiva e por temperatura ajuda bastante a que o leitor sinta a relação entre os protagonistas. Foi algo inovador e diferente. Outro aspecto positivo foi a relação de Grace com os seus pais ausentes e por vezes negligentes. O tema da relação entre pais e filhos especialmente na adolescência é algo delicado. Existe uma conveniência para que a história avance e a relação entre Grace e Sam fique mais intensa, se os pais foram afastados. Shiver é um livro fácil de digerir, com um especial cuidado em relação a temas sensíveis que os adolescentes enfrentam e não é de todo desmiolado. Embora haja ainda muito lixo nas prateleiras, penso que Shiver é um bom livro para cativar um adolescente a ler, cada vez mais nos adaptamos às necessidades de acordo com a faixa etária, o que é bom, visto que existem tipos de maturidade diferente. Notei de igual forma, que muitos dos meus alunos na Universidade Júnior não gostavam de coisas que tivessem a ver com fantasia. É pena. Espero que a geração seguinte (a da minha irmã) não se importe de sonhar com lobisomens, vampiros, fadas, Barbas azuis ou cientistas loucos com goggles.

1 comment:

  1. Ainda bem que gostaste. Também acho que o Shiver é um livro bastante mais apropriado para os jovens, embora possa ser igualmente apreciado pelos adutlos.

    ReplyDelete